Assim que ela é ativada e o programa é reiniciado, o campo de buscas do navegador sai da parte superior do display para a inferior. Outras ferramentas que acompanham a barrinha é o contador de abas e o botão que abre uma nova tab do Chrome – exibidos geralmente quando o menu de janelas do Android é ativado. Com a novidade, o browser segue os passos de outros concorrentes do segmento, que já oferecem opções para deixar menus e atalhos mais perto do seu dedão.

De quebra isso pode resolver o malabarismo digital ou a necessidade de usar duas mãos na hora de operar adequadamente smartphones mais encorpados. No entanto, a solução adotada pela Google ainda parece estar longe de ser a mais adequada ou mesmo de estar finalizada. Isso porque, além de a função estar basicamente em um “menu secreto” do app, a mudança da barra de endereços de uma ponta para a outra acaba deixando um bloco em branco no topo do display, perdendo a chance de expandir a visualização das páginas.